Salvador: Após ser acusado de matar barbeiro, Advogado se entrega policia

Uma notícia estampou as manchetes dos jornais baianos nesta manhã de quarta-feira (27). O advogado suspeito de matar o barbeiro Lucas Souza de Araújo, de 29 anos, se entregou a polícia em meio à confusão e protestos da família de Lucas.

De acordo com o site Varela Notícia, o homem é um advogado e se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta quarta-feira (27).

O homem chegou na delegacia com o rosto coberto pela camisa e não falou com a imprensa. Além dele, um homem apontado como comparsa e cumplice do crime também se apresentou e está preso.

Os dois homens cumprem prisão preventiva por pedido da justiça.

O crime aconteceu no Imbuí, em um dos seus bares no centro do bairro. De acordo com a família de Lucas, ele foi assassinado à tiros após defender a esposa de um assédio.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Deputada sofre assédio em meio a sessão da Assembleia Legislativa: “Meu peito é íntimo”

Nessa sexta-feira circulou nas redes sociais um vídeo repugnante. O deputado Fernando Cury (Cidadania) é flagrado apalpando o seio da deputada Isa Penna (PSOL).

O assédio ocorreu na noite dessa quarta-feira (16) durante uma sessão extraordinária na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)

As imagens do circuito de segurança mostram o exato momento do ocorrido. Assim, Fernando Cury está conversando normalmente com outro deputado . Logo em seguida ele se aproxima da deputada que está de costas para ele a abraça por trás, apalpando seu seio. A deputada tenta imediatamente afastá-lo.

Em discurso no plenário, a deputada do Psol afirmou que registrou um boletim de ocorrência contra Fernando Cury. Além disso, ela também abriu uma representação contra ele no Conselho de Ética da Casa.

“O caso que a gente vive não é isolado. A gente vê a violência política e institucional contra as mulheres o tempo todo. O que dá direito de alguém encostar numa parte íntima do meu corpo? Meu peito é íntimo. É o meu corpo. Eu estou aqui pedindo pelo direito de ficar de pé e conversar com o presidente da Assembleia sem ser assediada”, disse Isa Penna.

Da Redação Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.