‘Felicidade virou tristeza’, desabafa mãe de mochileira ao contar que filha ainda não sabe da morte do namorado

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais neste sábado (20). O desabafo de Angélica Santos Pereira, de 49 anos, relata muito bem o momento difícil pelo qual ela está passando. Angélica é mãe da mochileira Jennifer Santos, internada em Campo Grande em estado grave, após ter sido vítima de um acidente de moto.

Jennifer Santos e o namorado foram vítimas de um acidente de moto nessa terça-feira (16) e a jovem ainda não sabe da morte de Tiago Escarcell Boher, 32, que aconteceu nessa sexta-feira (19).“Uma coisa que era felicidade virou uma tristeza, uma angústia que não tem explicação”, desabafou Angélica.

Angélica já conseguiu conversar com a filha, que continua internada no CTI da Santa Casa. A mãe de Jennifer, que mora em Pelotas, RS, desembarcou com o filho em Campo Grande, na noite de quinta-feira (18).

“Ela está consciente. Lúcida, muito lúcida. Ela lembra que estava na moto e ouviu um barulho. Também se lembra de estar caída no chão com o Tiago. Ela disse que queria chegar perto, mas não tinha como caminhar”, relata. “A última lembrança que ela tem é um chamando pelo outro. É triste, é muito triste”.

Jennifer contou que após o acidente, Tiago gritava para ela segurar a sua mão e também pedia para que ela não dormisse. Entretanto, quando o resgate chegou os dois estavam desacordados.

Angélica contou que não quis contar para Jennifer sobre a morte de Tiago.
“Só vou falar depois, quando ela estiver no quarto. Vai ser um baque na vida dela. Ela estava muito feliz”, relatou a mãe sobre o relacionamento do casal.

Ainda segundo Angélica, Jennifer fez algumas cirurgias, amputou dois dedos do pé e colocou pinos na perna. Angélica disse que teme pelo estado psicológico de Jennifer. “Como vai ser a vida dela daqui pra frente?”, indagou.

De acordo com Angélica, Jennifer e Tiago passaram por muitos problemas quando iniciaram o “mochilão” em duas rodas pelo país, chegando a dormir em papelão em algumas ocasiões. Entretanto, com o passar dos dias, passaram a receber acolhimento de muitas pessoas em suas casas. “Eles estavam sempre com o sorriso estampado no rosto”.

Após saber da morte de Tiago, Angélica contou que o sentimento é de tristeza ao relembrar os momentos felizes que o casal viveu durante o trajeto.”Hoje pedi para o irmão [da jovem] ir falar com a Jennifer porque na minha cara está estampada [a tristeza]”.
“Eu sempre agradeci muito a ele. Por cuidar dela, por fazer ela feliz. O Tiago salvou ela. Ele jogou o corpo dele para salvar a vida dela”, contou, com base nas afirmações feitas pela filha. “Eles se amavam. Eles se amavam e eram muito amigos”, afirmou.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado, um motociclista de 63 anos, conduzia uma motocicleta de luxo, e forçou uma ultrapassagem em um caminhão em local não permitido, vindo a se chocar de frente com a moto do casal de mochileiros. Tiago e Jennifer foram arremessados para a margem da rodovia, após a batida. O homem que conduzia a motocicleta que causou o acidente foi atingido por uma carreta e veio a óbito no local.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

publicidade