Cantor gospel é acusado de aplicar golpe de R$ 300 mil em lojas de de roupa de grife

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (20).O cantor gospel André Luís dos Santos Pereira, de 35 anos, está sendo acusado de aplicar golpes em lojas de grifes. O valor aproximado do prejuízo gerado pelo acusado chega a R$ 300 mil, e segundo informações da Polícia Civil do Distrito Federal, o valor se refere a gastos com roupas e acessórios de luxo.

Segundo informações da coluna Na Mira, do portal Metrópoles, o suspeito foi indiciado por associação criminosa, ele aplicava golpes com outros dois comparsas, os quais também foram indiciados, e estelionato.

O cantor ainda tem envolvimento, segundo informações da coluna mencionada anteriormente, com a “máfia dos concursos”, quadrilha responsável por fraudes em concursos públicos. André Luís possui mais de 265 mil seguidores nas suas redes sociais e realizava lives e apresentações musicais em igrejas evangélicas, além de participações em programas de televisão.

O grupo aplicava os golpes usando uma sala comercial localizada no centro do DF. Informações apontam que era neste escritório que os indiciados Carlos Roberto Saraiva Júnior e Tiago Barbosa de Miranda, levavam os representantes das grifes. Os acusados chegavam a apresentar comprovantes falsos e simular pagamentos para as marcas, além de inventar desculpas para não honrar com os pagamentos quando as lojas descobriam o golpe. As grifes Prada, Gucci e Burberry foram vítimas do golpe do cantor gospel e de seus assessores.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

publicidade