Sem saber, mulher faz procedimento estético com falso médico e acaba internada em UTI devido às complicações da cirurgia

Uma notícia revoltante chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sábado (1). Após fazer um procedimento estético para aumentar o bumbum em uma clínica clandestina, uma mulher de 46 anos acabou internada na unidade de terapia intensiva (UTI) da cidade de Anápolis (GO), a cerca de 56 km de Goiânia.

De acordo com a Polícia Civil, quem realizou o procedimento foi um biomédico, que se apresentava como médico, e uma estudante de medicina.

Nesse contexto, a mulher está em estado grave no Hospital Municipal de Anápolis (Huana) desde o dia 31 de março. No entanto, o estado de saúde da mulher é estável e ela não corre risco de vida.

A mulher, identificada como Ronilza Johnson, mora na Inglaterra e veio visitar o pai, na cidade de Anápolis. Assim, a mulher decidiu realizar o procedimento estético em sua estadia no Brasil. A filha de Ronilza afirma que sua mãe está com uma infecção séria e precisa de aparelhos para conseguir respirar.

“Ela está em cuidado intensivo e não está comendo. A infecção piorou. Ela não consegue respirar apropriadamente e o oxigênio está baixo”, afirmou a filha.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.