Ana Maria Braga cria polêmica e é criticada ao dizer: “A gente não precisa de um Dia da Consciência Negra”

Na sexta-feira de hoje (20), o Brasil celebra o dia da Consciência Negra. Contudo, ao falar sobre esse assunto, a apresentadora Ana Maria Braga gerou polêmica nas redes e foi bastante criticada.

Já no final do seu programa, Ana Maria fez uma declaração que já soou mal desde as primeiras palavras. Ana disse que não é necessária um dia para a Consciência negra. Em seguida, ela explicou a declaração: “A gente não precisa de um Dia da Consciência Negra…branca, parda, amarela ou albina. Nós precisamos de 365 dias de consciência humana.” Mas não é só isso.

Ao concluir a frase, a apresentadora atribuiu essa citação a “Thiago Saraiva” e disse que assinava embaixo. Entretanto, essas palavras não tiveram uma boa recepção nas redes. Além das ainda persistentes desigualdades sociais advindas do racismo estrutural, os internautas pontuaram que Ana escolheu um péssimo momento para dizer essas coisas. Isso porque, além do grande simbolismo em torno desta data, essa sexta-feira também está sendo marcada por um caso de violência contra um homem negro que revoltou o país. Entenda o que aconteceu Leia Mais.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.