Ao perceber ausência do amigo, Leonardo mandou arrombar a porta do quarto onde o homem estava

Mais um capítulo da triste história do amigo do cantor Leonardo, Nilton Rodrigues da Silva, o Passim, morto por um tiro acidental, ganhou destaque neste sábado (06). Dessa vez as informações foram do depoimento do cantor. De acordo com o delegado Kléber Toledo, Leonardo sentiu a falta do amigo durante o almoço. Ao perceber que chamava e não tinha respostas, o cantor pediu para que funcionários arrombassem a porta do quarto que o amigo estava. Dessa forma, o cantor acabou sendo uma das primeiras pessoas a ver o corpo de Nilton.

De início, suspeitou-se da possibilidade de suicídio, mas essa teoria já foi descartada pela perícia, uma vez que os tiros atingiram a perna e a mão. As investigações mais recentes apontam que Nilton disparou acidentalmente contra si mesmo quando estava no seu quarto sozinho, por volta das 2h da manhã. Mesmo tentando estancar o sangue no banheiro, acabou falecendo por hemorragia.

“Passim” era considerado por Leonardo um “irmão-primo” e um “amigo de todas as horas”. A morte dele deixou família e amigos em choque. Nilton deixa uma esposa e dois filhos.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.