‘Senti medo de morrer’, desabafa modelo após trazer à tona o que engenheiro com quem se relacionava teria feito

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta sexta-feira (30). A modelo Anna Figueiredo, de 23 anos, abriu a sua intimidade e falou das agressões físicas e psicológicas que sofreu do ex-namorado, no Rio de Janeiro. Anna disse que o ex a agredia sempre após o uso de bebida alcoólica e tinha sempre as mesmas justificativas: ciúmes, fotos postadas, trabalho…

A modelo concedeu uma entrevista a Record, e revelou que sentiu muito medo de morrer quando fez a denúncia, após ter sofrido agressão.”Quando eu estava quase sem força, ele me soltou dando tapas e socos. Eu senti muita falta de ar, e tentava respirar, mas não estava conseguindo. Ali eu senti medo de morrer.”

Anna mostrou um áudio em que o ex fala da violência.”Você está me agredindo!”, disse Anna. “Sabe o que faltou na sua vida? Agressão para você virar mulher”, falou o agressor.

A modelo contou que neste mês de julho sofreu agressão do ex-namorado e teve uma escoriação no olho. A denúncia feita pela modelo ganhou grande repercussão nas redes sociais onde Anna possui mais de 57 mil seguidores. O jogador Neymar, que é amigo da modelo, compartilhou o relato nas redes sociais. A agência com a qual a modelo tem vínculo também se solidarizou com a situação.

A Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Niterói, Região Metropolitana do Rio, está investigando o caso e a modelo tem uma medida restritiva de 300 metros contra o ex-namorado.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.