Adolescente de 15 anos perde a vida na presença da mãe enquanto comprava o almoço

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (13). Juliana Alves, 15 anos e estudante, havia saído em companhia de sua mãe para comprar o almoço e foi morta com pelo menos cinco tiros, sem chance de defesa. Este crime bárbaro aconteceu na Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus. A adolescente foi morta por volta do meio-dia, segundo informações do portal G1.

Alguns familiares de Juliana, que preferiram não se identificar, disseram que Juliana e a mãe foram surpreendidas por um homem não identificado que saiu de um veículo.

O homem só fez sair do carro e apontar o revólver para a cabeça dela e atirar. Não sabemos o motivo para este crime. Ela era uma menina tranquila e inocente, ainda estudava, estava na nona série e nunca se envolveu em crime nenhum”, contou um familiar de Juliana, que preferiu não se identificar.

Algumas testemunhas também disseram que a mãe de Juliana pediu para que ela corresse e se escondesse em algum lugar, porém ela não teve tempo.“A gente pensava que era até algum motorista perdido pelo bairro atrás de informações sobre a rua, mas não. Ela não teve tempo de defesa. Foi um crime cruel”, disse o parente da vítima.

Agentes da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), foram acionados para o local e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está investigando o caso.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Polícia investiga morte de adolescente de 15 anos após encontro marcado; parceiro chegou a prestar socorro a vítima

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (2). A morte de uma adolescente de 15 anos que foi levada ao hospital por um homem de 26 anos, está sendo investigada pela Polícia do estado de São Paulo. O homem estaria supostamente saindo com a adolescente. A jovem Gabrielly Dickson Alves do Nascimento deu entrada na UPA Jardim Casqueiro, em Cubatão, com quadro de parada cardiorrespiratória.

De acordo com a polícia, o auxiliar de serviços gerais e a adolescente estariam em ato sexual dentro de um veículo quando o homem notou que a menina estava desfalecida. O auxiliar de serviços gerais disse que Gabrielly apresentava lábios e pele pálidos e suas mãos estavam contorcidas para trás.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP), enfermeiros afirmaram que a adolescente deu entrada na unidade de Saúde inconsciente e tinha sangramento nas partes íntimas. Disseram que a adolescente não apresentava marcas de agressão. A SSP informou que a ocorrência foi registrada como morte suspeita pela Delegada de Cubatão e que foram solicitadas perícias para esclarecer o caso.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.