João Roma vence ACM Neto no segundo turno das eleições, prevê Flávio Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro (PL), tem buscado apoio do União Brasil à reeleição de Jair Bolsonaro em 2022. Segundo o parlamentar, a dificuldade no apoio está no ex-prefeito de Salvador e secretário-geral do partido, ACM Neto, que segundo o senador, acredita que é capaz de vencer ainda no primeiro turno das eleições, sem Bolsonaro.

Caso não haja acordo, Jair Bolsonaro deve apoiar João Roma (Republicanos), para o governo do estado, em vez do Senado, como é o plano inicial. O senador Flávio Bolsonaro acredita que João Roma tem condições de ganhar de Neto no segundo turno.

“Bolsonaro precisa de palanques 100% firmes e caso João Roma seja nosso candidato ao governo da Bahia acredito que derrota ACM Neto e o tira do segundo turno”, prevê Flávio Bolsonaro.

Flávio mostra acreditar que Bolsonaro vai crescer e Lula cair em relação aos cenários políticos para 2022: “Tem muita gente se pautando só em pesquisas de agora para tomar decisões futuras, sem considerar que Bolsonaro tende a crescer muito até a eleição, em função da expectativa de melhora na economia, da geração de empregos e entregas de programas importantes, como o Auxílio Brasil. E Lula tende a cair pois o debate sobre a roubalheira que afundou o Brasil nos governos do PT ganhará força nas conversas de botequim de novo”.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Politica, Regional.

Nova pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas mostra ACM Neto com folga nas intenções de voto para 2022

Nova pesquisa eleitoral divulgada nessa quinta-feira (2) e realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas, aponta que ACM Neto, que lança candidatura ao governo do estado hoje, despontou com 54,8% das intenções de voto do eleitorado. A aposta do Partido dos Trabalhadores na Bahia para 2022, o senador Jaques Wagner, apareceu em segundo lugar com 23,1% das intenções de voto.

O ministro da Cidadania João Roma, apontado como terceira via, somou 3,9% das intenções de voto. A Dra. Raíssa Soares, ex-secretária de Saúde de Porto Seguro, mostrou 2,6% das intenções de voto no estado.

Veja os candidatos com percentuais menores apontados no estudo: o vereador de Salvador Alexandre Aleluia (DEM) 0,9% e o ex-vereador Marcos Mendes (PSOL) 0,3%.

Os entrevistados que não souberam ou não responderam equivalem a 5% e os que votariam branco, nulo ou não escolheria nenhum dos nomes 9,3%, apontou a pesquisa.

Não sabe/Não respondeu -5,0%

Nenhum/Branco/Nulo -9,3%

ACM Neto -54,8%

Jaques Wagner -23,1%

João Roma -3,9%

Dra. Raíssa Soares -2,6%

Alexandre Aleluia -0,9%

Marcos Mendes -0,3%

A pesquisa espontânea é caracterizada quando o entrevistador não apresenta nenhuma opção ao eleitor, neste caso se verificou que 63,6% não soube responder. Entre as opções citadas pelo eleitor, o candidato ACM Neto somou o maior percentual: 12,2%.

O atual governador Rui Costa foi citado por 10,6% dos entrevistados. Já o senador Jaques Wagner foi citado por 3,2% dos entrevistados. João Roma teve 0,9%, Raissa Soares 0,4% e outros nomes 0,3%.

Não sabe – 63,6%

Ninguém -8,7%

ACM Neto -12,2%

Rui Costa – 10,6%

Jaques Wagner -3,2%

João Roma -0,9%

Dra. Raíssa Soares -0,4%

Outros nomes citados -0,3%

O estudo foi realizado por meio de entrevistas pessoais por telefone, não robotizadas, e abrangeu 200 municípios da Bahia. Foram entrevistados 2002 eleitores entre os dias 24 e 28 de novembro.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

Após fazer duras críticas a ACM Neto, DEM decide expulsar Rodrigo Maia da sigla, afirmou Arthur Maia em uma publicação no Twitter

Após fazer duras críticas a ACM Neto, DEM decide expulsar Rodrigo Maia da sigla, afirmou Arthur Maia em uma publicação no Twitter

Uma notícia está sendo destaque neste sábado (15). Após o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), ter feito várias críticas ao chefe nacional do DEM, ACM Neto. Arthur Maia, informou, por meio de seu Twitter que a sigla chegou em um consenso de que Rodrigo deve ser expulso da sigla e que também deve perder o mandato.

“O DEM deliberou pela expulsão de Rodrigo Maia. Depois que perdeu todo o apoio dentre os deputados, não havia mais clima para ele no partido”, afirmou Arthur. “Mesmo sendo expulso, Rodrigo Maia deverá perder o mandato, pois é óbvio que a agressão gratuita e grosseira contra o presidente do partido configura uma desfiliação indireta” afirmou.

Segundo o portal R7, por meio de sua publicação, Arthur teria chamado o parlamentar de “Nhonho”, fazendo referência ao personagem da série “Chaves”. Além disso, ele escreveu que o político se tornou uma “figura odiada pelos brasileiros”

Vale ressaltar que na última sexta-feira (14), Rodrigo Maia já havia pedido saída do partido. Além disso ele também foi nas suas redes sociais para criticar o líder da nacional da sigla. “Malandro baiano”, “Esse baixinho não tem caráter”, “Bolsonaro presidente” e ACM Neto vice-presidente. Não sobrou nada além disso”

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

Em entrevista, ACM Neto afirma que o DEM não irá apoiar Lula e nem Bolsonaro nas eleições de 2022

Uma notícia tem repercutido no cenário político, neste domingo (9). Isso, porque ACM Neto afirmou que o partido Democratas (DEM) não deve apoiar Lula e nem Bolsonaro nas eleições de 2022.

Em entrevista à Coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, que foi divulgada ainda neste domingo (9), o ex-prefeito de Salvador afirmou:

“Se existem partidos no Brasil que podem apoiar qualquer um, nesse rol não nos incluímos. Não vou apontar o dedo nem julgo ninguém, mas se algum partido cogita apoiar de Lula a Bolsonaro, algum problema esse partido tem. Se eu admitisse apoiar qualquer candidato de Lula a Bolsonaro, seria a expressão clara de um partido sem qualquer identidade. Que não é o caso do DEM”.

Ele lembra que o DEM foi o partido que mais cresceu, em números absolutos, na comparação entre as eleições de 2020 e 2016. No ano passado elegeu 464 prefeitos, contra 268 no pleito anterior. Além disso, aumentou em 49% o número de vereadores eleitos.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.