Gusttavo Lima é acusado por empresa de aplicar calote de quase R$ 70 mil

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste domingo (21). O cantor Gusttavo Lima é acusado por uma empresa de automação chamada GR de aplicar um calote de quase R$ 70 mil, hipótese que em um primeiro momento parece improvável por conta de todo patrimônio que o artista possui. A empresa citada resolveu acionar à justiça para que o débito seja quitado.

O valor citado é referente a aquisição e instalação de equipamentos personalizados que teriam sido feitos na casa de Gusttavo Lima, localizada em Goiânia, segundo informações de Fábia Oliveira, do site Em Off. Apesar da notificação extrajudicial, o pagamento de R$ 68.670,33 não teria sido pago.

Segundo informações, a empresa acionou a Justiça de Goiás para que o valor seja quitado. A juíza Raquel Rocha Lemos, da 23ª Vara Cível de Goiânia, citou recentemente o cantor Gusttavo Lima e a Balada Eventos, que também foi acionada, para quitar a quantia mencionada em 15 dias ou então apresentar embargos.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Luciano, da dupla com Zezé Di Camargo, impede Netflix de citá-lo em série “É o amor”

O impasse envolvendo a série da Netflix É o Amor, em que a família Camargo, estrelada por Zezé Di Camargo e Wanessa, foi parar na justiça, segundo a coluna do jornalista Leo Dias. Luciano, irmão de Zezé, entrou na justiça para impedir a Netflix de utilizar imagens suas na série. Ao que parece, Luciano não quer aparecer nos episódios nem mesmo em imagens antigas.

A série ‘É o Amor’ mostra a família Camargo em momentos de intimidade entre Zezé e a filha, Wanessa. Entretanto, durante os episódios aparecem outros familiares como Graciele Lacerda, a atual mulher de Zezé e Zilu Godói, mãe de Wanessa. Outros artistas como Thiaguinho, Paula Fernandes, Léo Santana, Tiago Abravanel e Felipe Araújo também aparecem nos episódios, além da família Camargo.

Segundo informações apontadas pela coluna, o impasse foi criado por questões financeiras. O contrato milionário com a plataforma de streaming para a produção da série foi assinado por Zezé e Wanessa. O cantor Luciano, não. Luciano achou injusto aparecer na produção e não receber nada por isso.

As gravações da série foram feitas, em grande parte, na fazenda da família, em Goiás. Durante os episódios, os dois contam segredos, compartilham dramas internos e mostram canções do álbum inédito gravado por pai e filha.

A série tem previsão de estreia em 9 de dezembro. O cantor Luciano Camargo foi procurado e não se manifestou sobre o assunto.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Pai entra com ação judicial contra escola após professora cortar cabelo da filha de 7 anos sem ter autorização

Uma notícia segue repercutindo neste domingo (19). O pai de uma menina de 7 anos entrou com uma ação judicial contra uma escola após uma professora cortar o cabelo de sua filha sem autorização. O argumento alegado por Jimmy Hoffmeyer, foi de que os direitos constitucionais de sua filha não foram respeitados. A situação foi registrada em Michigan, nos Estados Unidos, com informações da AP News.

Hoffmeyer contou que em outro incidente acontecido em abril deste ano, a sua filha Jurnee voltou para casa com o cabelo cortado de um lado. Segundo a menina, uma colega havia usado uma tesoura para cortar o seu cabelo no ônibus.

Jimmy Hoffmeyer foi até a direção da escola para questionar a situação e levou a filha até um salão na sequência. Dois dias depois, Jurnee retornou para casa após a aula com o outro lado do cabelo cortado.“Ela estava chorando e com medo de ser punida por ter tido o cabelo cortado”, falou Jimmy Hoffmeyer à AP.

Segundo a menina, a sua professora disse que iria cortar o cabelo para igualar os lados. Inconformado, o pai da menina cobrou um posicionamento da escola e entrou com uma ação judicial nesta terça-feira (14), contra o distrito escolar da região, uma bibliotecária e uma assistente de professor, no valor de US$ 1 milhão.

O pai da menina ainda processa a escola por discriminação racial, intimidação étnica, imposição intencional de sofrimento emocional e agressão. A professora que cortou o cabelo de Jurnee e sua colega de sala são brancas. Segundo os autos do processo, o distrito escolar “falhou ao treinar, monitorar, direcionar, disciplinar e supervisionar propriamente seus funcionários, e sabia ou deveria saber que os funcionários tomariam essas atitudes devido ao treinamento impróprio e à falta de disciplina exigida”.

A direção da escola por meio do seu conselho de educação se manifestou em julho deste ano e disse que a funcionária que cortou o cabelo de Jurnee tinha “boas intenções”. Tiveram conhecimento da situação ocorrida com Jurnee outros dois funcionários e não comunicaram a direção. De acordo com o conselho de educação os funcionários se desculparam pelo que aconteceu.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Humorista Adnet move processo por danos morais contra Mário Frias após ser desmoralizado nas redes sociais

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (10). O ator e humorista Marcelo Adnet entrou na justiça pedindo reparação por danos morais contra Mário Frias, secretário Especial da Cultura. O humorista protocolou a ação no dia 3 de maio na 5ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e pede uma indenização no valor de R$ 80 mil.

A ação movida por Adnet foi motivada por uma postagem feita por Mário Frias em resposta a uma paródia do vídeo ‘Um Povo Heróico’ feita pelo humorista. A paródia feita por Adnet se baseou no vídeo original divulgado pelo governo federal próximo do dia 7 de setembro de 2020, marco comemorativo da Independência do Brasil. Mas não é só isso…

Na postagem feita por Mário Frias, o humorista foi duramente criticado pela paródia a qual o secretário classificou como de mau gosto.‘‘Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula. Um judas que não respeitou nem a própria esposa traindo a pobre coitada em público por pura vaidade e falta de caráter.’’

‘‘Um palhaço decadente que se vende por qualquer tostão, trocando uma amizade verdadeira, um amor ou sua história por um saquinho de dinheiro e uma bajulada no seu ego infantil e incapaz de encarar a vida e suas responsabilidades morais’’, comentou.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.