Suzane von Richthofen tem pedido para ir ao regime aberto negado

Na última quinta-feira (17), a Justiça negou o pedido da defesa de Suzane Von Richthofen de progessão ao regime aberto. Condenada a 39 anos pela morte dos pais, a presa cumpre pena no regime semiaberto e tem direito a saídas temporárias.

A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, por quatro votos a um, de acordo com informações do G1.

Presa desde 2004, Suzane cumpre pena na Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier. De acordo com o G1, ela cumpriu o tempo de pena exigido para a progressão e tem cerca de três anos de remissão de pena devido a trabalhos na unidade prisional. Além disso, o bom comportamento também foi reportado pela penitenciária.

A decisão de rejeitar o pedido de ida ao regime aberto foi da 5ª Câmara de Direito Criminal do TJ-SP.

Suzane conseguiu a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015.

Suzane von Richthofen cumpre pena pelo assassinato dos pais em 2002. Seus genitores foram mortos a pauladas enquanto dormiam. Os autores do crime foram os irmãos Cravinhos, que eram namorado e cunhado de Suzane na época.

Richthofen foi presa em 2004 após julgamento. Ela foi condenada a 39 anos de prisão pelo crime.

Categoria(s): Nacional.

Comente: