Suzane von Richthofen sai da penitenciaria para “saidinha” de fim de ano

Suzane von Richthofen, presa em 2002 por planejar o assassinato dos próprios pais, saiu da prisão na manhã dessa terça-feira (22) na “saidinha” de fim de ano. Essa será a primeira e única saída dos presos em regime semiaberto.

A mulher deve ficar solta até o dia 5 de janeiro, quando deve retornar à Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier em Tremembé (SP).

Os presos do regime semiaberto perderam o benefício de “saidinha” devido à pandemia do coronavírus. Em março o benefício foi cancelado oficialmente. Assim, diversos presídios do estado de São Paulo se revoltaram e tiveram rebeliões.

A mulher saiu por volta das 8h da manhã. Ela utilizava máscara de proteção contra o coronavírus na saída da unidade. Ela se encontrou com uma mulher na saída do presidio e entrou em um carro para sair do local.

Suzane obteve o direito a regime semiaberto em outubro de 2015, devido ao seu bom comportamento. A primeira saída de Von Richthfen foi em marco de 2016, quando ela saiu para a o feriado de páscoa.

Além de Suzane von Richthofen, diversos outros presos “famosos” foram liberados para passar as festas de fim de ano em liberdade. Assim, Anna Carolina Jatoba, condenada por matar Isabela Nardoni, e Elize Matsunaga, condenada por matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga, também foram liberadas temporariamente.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque.

Comente: