Suzane von Richthofen deixa a penitenciária para as festas de fim ano e deve ficar 10 dias fora

Na manhã de hoje, Suzane deixou a penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, São Paulo.

O benefício é popularmente conhecido como saidinha e desta vez durará até o dia 3 de janeiro. Os detentos que têm direito a esse benefício são os que já estão no regime na modalidade semiaberto. Suzane ganhou fama nacional depois de ser condenada por matar os pais em 2002. Mas não termina aí.

Antes das investigações revelarem o que aconteceu, ela chegou a simular que não sabia de nada e chorou no sepultamento dos dois. Na época, o caso chocou o país e gerou questionamentos sobre a motivação, já que a moça era jovem e tinha uma vida boa de classe alta. Agora, as saídas em datas comemorativas chamam a atenção por justamente trazerem as lembranças da família. Recentemente, Suzane tentou conseguir na Justiça o direito de cursar o ensino superior, mas não obteve êxito.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: