Search
Close this search box.

Suspeito de matar guitarrista do Afrocidade é preso em Camaçari

Na manhã desta terça-feira (4), um homem foi preso no bairro de Nova Vitória, em Camaçari, suspeito de ser um dos executores do homicídio do guitarrista Flávio de Oliveira Silva, membro da banda Afrocidade. A prisão aconteceu durante a Operação Euterpe, que visa desmantelar o grupo criminoso envolvido na morte do músico.

Conhecido como Fal Silva, o guitarrista foi brutalmente espancado por quatro homens no último dia 24, no bairro Novo Horizonte, também em Camaçari. Segundo a polícia, a principal linha de investigação aponta que o crime está relacionado ao tráfico de drogas. “As imagens de câmeras de monitoramento, os depoimentos de testemunhas e outros elementos nos ajudaram a identificar os quatro envolvidos”, afirmou um porta-voz da polícia.

A operação contou com a participação de equipes da 4ª Delegacia de Homicídios de Camaçari (DH/Camaçari) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Além da prisão preventiva, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão. Durante as buscas, foram encontrados porções de maconha, uma balança digital, um revólver calibre 38, duas capas de colete e aparelhos celulares. Dois homens foram presos em flagrante no bairro de Jardim de Limoeiro.

Todo o material apreendido será encaminhado para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT), contribuindo para a elucidação do crime. “As ações envolveram mais de 30 policiais civis, com o apoio do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM)”, informou a polícia.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: Ascom PC