Suspeito de matar esposa de 41 anos, promotor é preso pela polícia por suspeita de feminicídio em Minas Gerais

Uma triste notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de segunda-feira (5). O promotor de Justiça André Luis Garcia de Pinho, de 51 anos, foi detido na manhã de ontem, domingo (4), em sua residência, no Bairro Buritis, na Região Oeste de Belo Horizonte-MG. O homem foi preso após pedido da Polícia Civil afim de investigar a morte da mulher dele, que ocorreu na mesma residência na sexta-feira (2).

Lorenza Maria Silva de Pinho, de 41 anos, morreu engasgada, segundo o promotor. André foi que reportou a morte à policia ainda na sexta-feira. No depoimento, ele alegou que a mulher, com que ele tem cinco filhos, teria morrido após se engasgar com comida.

No entanto, a polícia ainda investiga o caso e analisa qual foi a real causa da morte. O corpo da mulher foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML), onde foi feito o exame de necrópsia. Entretanto, o resultado do exame ainda não foi divulgado.

Na manhã deste domingo, os policiais cercaram a rua do prédio onde o promotor reside e o levaram preso para delegacia. Os filhos do casal estão sob cuidado dos parentes da mãe.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: