“Só quer ficar no meu colo”, disse babá de Henry, em mensagens à mãe dele, após menino ser agredido

Nesta quinta-feira (8), mais detalhes surgiram sobre o caso que chocou o Brasil. As autoridades conseguiram recuperar mensagens importantíssimas no caso do menino Henry.

O mistério da morte de Henry, de 4 anos, que vivia com a mãe e com padrasto, comoveu o país nas últimas semanas. Contudo, aos poucos o padrasto, o vereador Dr.Jairinho, e mãe de Henry, Monique, apresentaram divergências em seus depoimentos, o que deixou a história complicada. Não demorou para que eles deixassem de ser testemunhas e passassem ao posto de investigados, sendo presos na manhã de hoje. Então, agora dados inéditos vieram à tona.

A Polícia conseguiu recuperar mensagens trocadas entre Thayna, baba do menino Henry, e Monique. Usando um programa de última geração, os agentes recuperaram prints que haviam sido apagados e que se mostraram muito importantes.

Nas mensagens, de acordo com a babá, Jairinho teria se trancado no quarto com o menino e em seguida teria aumentado o som da TV. Nessa hora o menino ainda teria gritado “Tia”, se referindo à babá. Então, Thayna avisou à Monique, mãe do menino, sobre a situação e ela pediu para que a babá tentasse abrir a porta ou ouvir algum som. Contudo, Thayna falou que só conseguia ouvir o “som do desenho” que estava passando na TV.

Logo em seguida, as mensagens dão conta de que Henry e Jairinho saíram do quarto, mas que o menino só queria ficar com a babá, no colo dela. Não demorou para que o garoto começasse a reclamar, demonstrando estar machucado. Nessa hora, Monique demonstrou grande preocupação e escreveu “Coitado do meu filho”. Em outro trecho, a babá relata que Henry teria afirmado que  “levou uma banda”, uma rasteira, e foi chutado por Jairinho. Mas ainda piora.

Além disso, o menino teria relatado que o vereador fazia isso com ele frequentemente e que pedia para ele não contar nada. Thayna também falou para Monique que, durante o banho, o garoto reclamou de dor na cabeça e pediu para que a babá não lavasse. Ainda segundo as mensagens da babá, Henry teria dito que Jairinho falou que o menino “perturbava a mãe” e que deveria obedecer ele, caso contrário o vereador iria “pegar ele”. Confira as mensagens:

Para as autoridades, as mensagens são muito importantes para o caso e se mostraram muito contundentes. Agora, Jairinho e Monique seguem presos e a investigação continua em andamento.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: