Sepultamento da Professora Ana Paula, Morta em uma tentativa de assalto em Irajá, Aconteceu no Rio de Janeiro

Sepultamento da Professora Ana Paula, Morta em uma tentativa de assalto em Irajá, Aconteceu no Rio de Janeiro

O sepultamento da professora Ana Paula Teixeira Cavalcanti, de 52 anos, vítima fatal de uma tentativa de assalto em Irajá, ocorreu na manhã desta sexta-feira no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, Zona Oeste do Rio.

O trágico incidente aconteceu na última quarta-feira à noite, quando Ana Paula, acompanhada do marido e da filha, ia para uma igreja em Vaz Lobo, Zona Norte do Rio.

Para mais informações acesse nosso canal no WhatsApp!

Durante a abordagem dos criminosos, a vítima recebeu um tiro no pescoço. Mesmo sendo encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Irajá, não resistiu aos ferimentos. O veículo da família, ao passar por um quebra-molas sem parar completamente, teria motivado o disparo, de acordo com o relato do filho, Wallace Lopes.

A família optou por um trajeto alternativo devido ao atraso para o compromisso, mas os criminosos fugiram, e até o momento, ninguém foi detido. A Delegacia de Homicídios da Capital está investigando o caso.

Nas redes sociais, o marido da vítima, Gilberto Cavalcanti, expressou sua dor e fez uma homenagem à esposa, descrevendo-a como sua “joia preciosa” e “mulher da sua vida”. O casal compartilhou 26 anos juntos, e Gilberto lamentou a perda irreparável.

O Disque Denúncia divulgou um cartaz solicitando informações sobre os responsáveis pela morte de Ana Paula, visando colaborar com as investigações da Delegacia de Homicídios. O anonimato é assegurado, e informações podem ser fornecidas através da central de atendimento, WhatsApp anonimizado ou pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.