SBT tira jornal do ar depois de reclamações do governo Bolsonaro

Um acontecimento completamente inusitado foi visto pelos telespectadores no último sábado, dia 23. Durante a apresentação do principal jornal do SBT, a transmissão foi cortada sem qualquer aviso prévio, pegando de surpresa até mesmo os jornalistas.

Segundo informações do UOL, o jornal foi substituído inesperadamente por uma transmissão de um programa de fofoca, sem notificar as pessoas que assistiam e nem a equipe do jornal. O portal informou que isso teria acontecido por conta de uma decisão de Silvio Santos. Ele teria ouvido reclamações do governo por conta da cobertura dos vídeos da reunião ministerial, um dos assuntos mais comentados dos últimos dias.

Ainda de acordo com informações do portal, Silvio sempre teve uma postura de apoiar os governos vigentes, pois os presidentes seriam seus “patrões”. Esse é um posicionamento que seria justificado pelo fato de que as emissoras brasileiras recebem concessões do governo para funcionar e transmitir a sua programação e, sem essas permissões, não poderiam operar.

Contudo, já há algum tempo que a mídia vem destacando que o chefe do SBT está acolhendo o governo atual e seus integrantes com certo entusiasmo em relação aos anteriores.

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Nacional.

Comente: