Salvador recebe homenagem do The New York Times, o maior jornal do mundo: “Eu me apaixonei muito”

A capital baiana recebeu uma grande homenagem. Uma reportagem no jornal The New York Times, considerado o maior do mundo, descreveu salvador como uma cidade apaixonante e um dos melhores destinos do mundo.

A reportagem trouxe a experiência da fotógrafa Stephanie Foden, que viveu em Salvador por quase 5 anos. Primeiramente, ela disse que não estava muito animada para visitar a cidade por conta do que uma amiga lhe disse, mas logo tudo mudou. Para ela, foram intensos momentos vivenciando a cultura de Salvador, que mistura o Brasil e a África de maneira simbiótica:

“A primeira vez que disse a alguém que estava viajando para Salvador, não tive coragem de ir. Eu estava indo para o sul ao longo da costa quando uma brasileira com quem fiz amizade em uma pousada explicou como o crime era grave e como eu seria roubada. Mas eu sempre quis compartilhar com os outros a versão da cidade que conheci e amei – a versão do famoso escritor baiano Jorge Amado: ‘A cidade baiana, negra e religiosa, é quase tão misteriosa quanto o mar verde.’ Eu me apaixonei por Salvador. Eu me apaixonei muito, tanto que, antes que eu percebesse, meses se passaram, depois anos. Quase a qualquer hora, você pode ouvir os tambores das ruas, sentir o aroma da moqueca ou encontrar um grupo de capoeiristas.”

Em uma série de fotografias únicas, Stepanhie Foden retratou as diversas facetas da cidade destacando desde as cores vívidas e a arquitetura clássica que permeiam as ruas, até o lado social e as lutas diárias enfrentadas pelos baianos. A reportagem já encantou milhares de pessoas em todo o mundo.

Foto por: Amanda Franco

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Categoria(s): Destaque.

Comente: