Salvador: Evento-teste realizado pela prefeitura tem público 5 vezes menor que o esperado, chuva e cantor sozinho no palco

A prefeitura de Salvador, capital baiana, realizou na última sexta-feira (27) um evento-teste, mas o resultado foi frustrante. Isso porque o evento contou com apenas 100 pessoas, quando se programava em torno de 500. Nessas 100 pessoas, incluía a imprensa e funcionários.

O motivo para que isso acontecesse foi a chuva e o registro de três casos da variante delta um dia antes. No momento da chuva, inclusive, as pessoas que estavam no lounge saíram para recepção.

O cantor que se apresentava era Gerônimo, que teve de fazer o show praticamente vazio por causa do tempo. Além dele, tocou também Márcia Castro, Afoxé Darajú de Odé e Telefunksoul.

Para o empresário Luís Pedro de Souza, de 63 anos, o evento-teste foi uma “brincadeira de mau-gosto”.
“Um evento que foi feito pra dar errado. Eles não imaginaram que podia chover? Pra mim, foi uma brincadeira de mau-gosto. Feito pra manchar o entretenimento”,disse.

Já o presidente Empresa Salvador Turismo (Saltur) falou que “Faz parte. Se a gente quisesse trazer uma multidão a gente faria outro tipo de evento. Pra nós tá valendo”.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Categoria(s): Destaque.

Comente: