Rui Costa anuncia novo programa do governo que confere auxílio de R$150 a estudantes da rede pública

Uma notícia está sendo destaque nesta quarta-feira (17). O governador Rui Costa explicou na última terça-feira, em entrevista, como funcionará o novo programa do governo, “Programa Estado Solidário”, que busca apoiar famílias de baixa renda durante a pandemia do coronavírus.

Ao todo, foram anunciadas três medidas e todas vinculadas à educação da rede pública. São elas: Uma bolsa no valor de R$100 para 52 mil alunos que se dispuserem a atuar como monitores; Auxílio alimentação de R$55 por três meses, iniciando 23 de março e uma bolsa de R$150 para famílias de alunos que estão cadastrados no CadÚnico.

Ainda na coletiva, Rui explicou como será o projeto de lei que determina a bolsa para os alunos monitores, que inclusive, já foi aprovado pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

“A primeira, e que graças a Deus a Assembleia já aprovou, é o apoio de monitoria. Cinquenta e dois mil monitores que já estão sendo selecionados. Se você é aluno da rede estadual, poderá se inscrever. Procure as informações na sua escola. São 52 mil alunos que receberão ate dezembro uma bolsa para que possa apoiar seus colegas. Nesse momento, o apoio pode ser via whatsapp, marcando um encontro na escola, via internet, para a gente compartilhar conhecimento e esclarecer duvidas de alunos. Esses monitores servirão de apoio para que a gente recupere o tempo perdido e possa acelerar esse ano e fazer dois anos em um”. Os alunos que poderão participar serão aqueles que tirou nota acima de 8 em Matemática e Português no ano letivo de 2019.

Por fim, ele também esclareceu que as bolsas de R$150 serão destinadas à 260 mil famílias.

“Estou enviando à Assembleia essa semana um apoio a famílias de baixa renda cadastradas do CadÚnico, cujos filhos estão matriculados na rede publica de ensino estadual. Ao todo, são 260 mil famílias. Esses alunos receberão uma bolsa, um auxílio, um apoio financeiro de R$ 150, para que possam se manter na escola. Será exigido a permanência e o cumprimento das atividades escolares”.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: