Reviravolta: causa da morte do ex-jogador Maradona ganha novos detalhes

Nesta sexta-feira (27) novas informações sobre a morte do jogador Maradona repercutiram. Conhecido por ser um dos maiores de toda a história, Maradona gerou comoção ao partir repentinamente aos 60 anos. Mas afinal, o que aconteceu com ele?

Nos primeiros momentos em que a morte de Maradona foi noticiada, algumas pessoas custaram a acreditar. Contudo, não demorou para que os grandes veículos de imprensa confirmassem que ele realmente havia falecido. Então, agora surgiu uma reviravolta na causa da morte. Primeiramente, no dia em que Maradona morreu, chegou a notícia de que o ex-jogador sofreu uma parada cardiorrespiratória e que estaria debilitado por conta de uma cirurgia recente. Maradona tinha operado a cabeça e estaria frágil também por conta dos problemas com álcool e remédios. Mas, agora revelou-se que não é tão simples assim.

De acordo com o portal Clarín, quando as pessoas da casa foram acordar Maradona, pouco antes do meio dia, o craque já estava sem vida. A família também havia percebido há alguns dias que ele estava ansioso e nervoso, o que não era tão comum. Então, ainda segundo o portal, o laudo técnico revelou que Maradona teve uma “insuficiência cardíaca aguda, em paciente com cardiomiopatia dilatada” e isso gerou um edema agudo de pulmão. Ou seja, um problema cardíaco acabou gerando um quadro pulmonar grave e súbito, que levou o ex-jogador.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: