Rachel Sherazade é demitada por e-mail do SBT: ‘Venho dizer adeus’

A apresentadora Raquel Sheherazade gravou um vídeo informando que o SBT lhe avisou por um e-mail que ela não precisava mais ir à emissora apresentar o “SBT Brasil” — principal jornal do canal de Sílvio Santos.

A jornalista já havia sido informada que seu contrato na casa não seria renovado e, portanto, ela ficaria só até o final de outubro na apresentação do telejornal.

Na última segunda-feira (28) o telejornal foi apresentado por Marcelo Torres e Márcia Dantas. Em 2019, um dos principais patrocinadores do SBT Luciano Hang havia insinuado que Sílvio Santos deveria demitir Sheherazade. À época a jornalista prometeu processar o dono da lojas Havan.

Sheherazade informou no vídeo que achava importante dar uma satisfação ao público sobre a situação. “Achei que seria de bom-tom não sair à francesa. Eu venho dizer adeus. Adeus, não, um até breve”, disse.

“Infelizmente não tive a oportunidade de me despedir dos meus telespectadores, dos meus colegas e amigos que fiz na emissora e por isso estou tentando fazer agora”, completou a apresentadora.

A apresentadora foi muito pressionada por seguidores do presidente Bolsonaro após fazer críticas ao governo federal, isso teria sido o motivo de sua demissão, contudo o SBT não confirma.

No vídeo Raquel não aponta os planos para o futuro, não informou se há algum trabalho à vista. A jornalista lembrou, também, que contribuiu pelo crescimento da audiência do jornal. “Foi um desafio tirar um jornal que tinha uma média de três pontos de audiência e dar, como hoje com uma média de 6, 7 pontos”, encerrou ela.

Categoria(s): Nacional.

Comente: