“Quem me colocou na política foi Deus, Deus vai trabalhar em Brasília”, dispara Flordelis após possível cassação

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (5). A deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD), declarou em entrevista à Folha de S.Paulo que não abandonará a carreira política e deseja se reeleger. “Quem me colocou na política foi Deus, e eu não vou desistir porque hoje eu  passando por um período difícil”, afirmou a deputada. 

Desde 2020 a deputada federal é ré na justiça do Rio de Janeiro por supostamente ter mandado matar o marido, Anderson do Carmo. Flordelis afirma que pretende continuar na vida política enquanto luta para não ter cassado o seu mandato atual pelo Conselho de Ética da Câmara. O processo em questão pode resultar na expulsão da deputada na Câmara dos Deputados. “Não acredito nesta cassação, sinceramente não acredito. Acredito muito que Deus vai trabalhar em Brasília”, afirmou. 

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro encaminhou um pedido de afastamento da deputada Flordelis em fevereiro, porém o Congresso Nacional ainda não julgou o pedido. 

O pastor Anderson do Carmo foi morto com 30 perfurações de tiros em seu corpo na garagem de sua casa. O crime aconteceu em junho de 2019, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, quando voltava de um passeio com Flordelis. 

Da Redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: