Queimadas: Casal morre de Covid-19 com intervalo de apenas oito dias e caso choca a cidade

Uma triste noticia está sendo destaque nesta terça-feira (30). Uma dona de casa Veronica Sena Sobrinha, da cidade de Queimadas, morreu ontem em decorrência da covid-19 depois de quinze dias internada. Mas não é só isso. Veronica morreu com um intervalo de oito dias da morte do marido, o gerente regional do GBarbosa, Hebert Santos Silva.

Uma tia de Veronica também chegou a falecer por Covid-19 no ultimo dia 18. A tia é a senhora Vinebalda, diretora da Escola Municipal Antônio Carlos Magalhães. Hebert já serviu a Marinha e se mudou de Feira de Santana para Queimadas para atuar como gerente e na cidade conheceu Veronica. Eles tinham um filho recémCa nascido, que foi infectado, mas já está recuperado.

O caso da família chocou a cidade. Com a morte de Veronica, Queimadas soma a decima oitava morte desde o inicio da pandemia. Segundo o boletim, 826 estão recuperadas, tem 39 com vírus ativos, sendo que sete foram transferidos.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Comente: