Connect with us

Artigos

Projeto visa trazer 260 toneladas de lixo por mês para Baixa Grande. População precisa dizer não a isso!

...

 

Parece que a equipe do prefeito Pedro Lima Neto (PT) está realmente empenhada em fazer com que Baixa Grande seja o depósito de 260 toneladas de lixo de 12 municípios da  região.  Matéria pública há tempos atrás no site Bacia do Jacuípe alertava que Baixa Grande deixaria de ser   a “Capital do Mundo, Para ser a Capital do Lixo” parafraseando o escritor baixagrandense Jorge Araújo autor da frase célebre.

Em matéria publicada hoje (15) no site Bacia do Jacuipe traz o seguinte texto:  “Em uma audiência realizada na manhã desta quarta-feira, 15 de abril de 2015, foram discutidos sistemas municipais de gerenciamento de resíduos sólidos: obrigações, desafios e alternativas para os municípios. O evento foi promovido pelo Ministério Público e a empresa MRC que presta serviço na coleta e lixo em Baixa Grande e algumas cidades vizinhas, contou com participação dos prefeitos das cidades de Baixa Grande, Ipirá e Várzea da Roça, além de representações das cidades de, Muno Novo, Pintadas, Mairi, Ipacaetá e Rafael Jambeiro.  Pelo Ministério público foi representado pelo Promotor de Justiça Dr. Thyefo de Oliveira Matos.”

 

O assunto  vem provocando a revolta do povo de Baixa Grande, que é totalmente contra a aceitação de lixo de outras municípios sejam colocados em solo baixagrandense.  Diversos argumentos retóricos estão sendo utilizados para tentar convencer a população, porém é temerário,   se este projeto for aprovado na Câmara de vereadores os moradores atuais e as futuras gerações de Baixa Grande vão receber um verdadeiro Presente de Grego.

 

Além do lixo  comum também pode vir a receber o lixo hospitalar de diversas cidades da região o que pode colocar a população em risco biológico.

 

“Não podemos ser estigmatizados na Bahia como a “Capital do Lixão”, é como se uma pessoa que mora numa casa tivesse responsabilidade com o lixo que é produzido na casa do vizinho. Temos obrigação de cuidar do lixo que nosso município produz, cada município que cuide de gerenciar a produção e destinação de seu lixo. ”  Disse uma pessoa que não quis se identificar.

 

Defenda Baixa Grande.  Não podemos deixar a nossa terra ser a ” Capital do Lixo”

 

 

Da  Redação.

Continue Lendo
Publicidade

Acontece Na Bahia - Copyright © 2019.