Professora percorre mais de 60 km para dar aula a aluno sem acesso à internet

Ser professor é mais que profissão, é amor ao próximo e fazer com ele tenha um futuro melhor. Joyce Barcelos Barbosa sabe o que é isso e demonstra na prática: Toda semana ela percorre 70 km para dar aulas em libras para o aluno Edilson Gomes Monteiro, de 15 anos, que não tem acesso à internet.

Edilson estuda no Colégio Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral Bartouvino Costa, em Linhares (ES). Ele mora em uma fazenda no distrito de Bananal, onde não tem internet nem telefone. Em meio à pandemia do novo coronavírus, o jovem precisou ficar em casa e não consegue acompanhar as aulas.

Para ajudá-lo, Joyce resolveu ir até a casa dele e ensiná-lo. Ela costuma ir uma vez na semana e dar aulas embaixo de uma árvore em frente à casa de Edilson. “Nunca parei para pensar nos obstáculos que eu encontro no caminho, porque nada disso tem valor quando eu chego e vejo sorriso dele e da família me recebendo. Isso para mim é emocionante mesmo”, relata a professora.

A professora disse que ficou preocupada com toda a situação, pois, sem internet, o jovem não teria como estudar. “Fiquei muito abalada com a história dele, pensei em como ele teria acesso à educação no meio dessa pandemia”, fala.

“Essa iniciativa representa o verdadeiro exemplo do que é ser professor. Eu, como gestor educacional, vejo que com essa iniciativa que possa acreditar na educação neste país”, disse o diretor da escola, Samuel Nogueira Almeida, orgulhoso da atitude da professora.

Categoria(s): Social.

Comente: