Connect with us

Regional

Procon realiza mutirão para negociar débitos de pessoas superendividadas

...

Comprar com o cartão de crédito, pagar apenas o mínimo da fatura e ver a conta crescer até não dar mais para pagar. Situações como essa acontecem com muitas pessoas, que, por falta de controle, acabam entrando no grupo dos ‘superendividados’. São consumidores que já comprometeram mais de 30% da renda com o pagamento de dívidas e mesmo assim não conseguem quitá-las. Casos semelhantes acontecem também com a prestação do eletrodoméstico, do carro ou do telefone celular.

Para ajudar a essas pessoas, o Procon-BA está realizando o Mutirão de Atendimento ao Superendividado, em parceria com a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Sindicato dos Lojistas e Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), com o objetivo de intermediar a negociação entre o cliente e a empresa credora e encontrar um meio para quitar o débito.

“O interessado deve ir a sede do Procon, em Salvador, com os documentos pessoais e da dívida e fazer uma proposta que viabilize o pagamento”, orienta a superintendente do órgão na Bahia, Graciele Leal. Segundo ela, a proposta será encaminhada às instituições que terão dez dias para responder. “Se não for aceita, nós marcaremos um encontro de conciliação, onde um advogado do Procon vai acompanhar o cliente e garantir uma negociação mais transparente e justa”, afirma Gracile.

Iniciado na segunda-feira (3), o mutirão segue até o próximo dia 14, das 8h às 16h30, na sede do Procon, na Avenida Carlos Gomes, centro de Salvador. Até esta terça-feira (4), cerca de 350 pessoas já haviam sido atendidas. A dona de casa Eloene Queiroz aproveitou a oportunidade para resolver um problema de três anos. “Não tinha tranquilidade. Dever é uma coisa muito ruim e essa oportunidade é ótima para quem quer negociar e conseguir uma condição para pagar”, afirmou Eloene.

O Procon ressalta que o atendimento no mutirão é direcionado apenas aos superindividados. As pessoas que consideram os juros abusivos, ou que estão pagando um valor que acreditam ser maior que o devido, podem buscar outras formas de atendimento.

Estímulo ao consumo

Num mundo cercado de estímulos para o consumo, com propagandas, promoções e crédito facilitado, manter o controle das contas é uma tarefa que exige cada vez mais organização e limite. Basta uma desatenção e aquela compra inofensiva pode virar uma dívida impagável. Criar estratégias como anotar o valor de todas as compras, manter organizado um orçamento pessoal e controlar os gastos supérfluos são os principais conselhos dos especialistas para evitar o superendividamento.

“Não podemos nos deixar levar apenas pelo momento. Vivemos numa sociedade em que ter mais e mais é sinal de status. Mas a consequência vem depois. A ilusão passa, o que fica é a dívida e o problema no futuro”, aponta a superintendente do Procon.

Fonte: SECOM | Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia

 

Publicidade

Acontece Na Bahia - Copyright © 2019.