Presa por pegar macarrão para alimentar os 5 filhos, mãe é solta e desabafa: “Estava com muita fome”

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (14). Rosângela Melo, 41 anos, presa por furtar alimentos em um supermercado na Vila Mariana, zona sul de São Paulo, foi solta nessa quarta-feira (13). Ao deixar o presídio, Rosângela falou ao Cidade Alerta, da RecordTV, disse que havia pego os alimentos porque estava com fome e agradeceu o apoio que recebeu de todos.

“Quando eu roubei, não pensei muito. Estava com muita fome. Só pensei em comer”, desabafou Rosângela Melo.

Rosângela afirmou que tem formação como auxiliar de enfermagem, mas disse que atualmente está desempregada. A mulher disse ainda que havia pego o macarrão instantâneo para dar aos 5 filhos menores. Contou que o refrigerante e o leite condensado seriam para ela consumir. A Justiça de São Paulo havia mantido a prisão preventiva de Rosângela e o caso ganhou muita visibilidade.

Já na segunda instância, o desembargador Farto Salles ressaltou que Rosângela é reincidente. A mulher havia sido condenada por furto em duas ocasiões. Em 2014, Rosângela foi presa por furtar fiação elétrica, por exemplo.

Após ser solta nessa quarta-feira, Rosângela disse que sua família é honesta. “Não estava acostumada a fazer. Acho que deu muito na cara”, disse. Ainda afirmou que considera um “absurdo” ter sido presa em razão de estar com fome. “Eu só queria comer.” Contou que está arrependida do que fez e quer pedir perdão à sua mãe e aos filhos. “Me arrependo muito por ter roubado. Tomei um susto muito grande”, afirmou, reconhecendo que deveria ter buscado ajuda.

Rosângela disse que já trabalhou com faxinas e reciclagem, porém contou que não é uma coisa certa e as vezes não dá dinheiro.”Mas não é uma coisa certa. Num dia dá dinheiro, no outro dia não dá nada”, disse. Por fim, agradeceu o apoio das pessoas e do advogado que a defendeu. A princípio a defesa de Rosângela foi feita pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo, que protocolou recurso em favor da auxiliar de enfermagem no STJ.

Da redação do Acontece na Bahia

dade Alerta, da RecordTV, disse que havia pego os alimentos porque estava com fome e agradeceu o apoio que recebeu de todos.

“Quando eu roubei, não pensei muito. Estava com muita fome. Só pensei em comer”, desabafou Rosângela Melo.

Rosângela afirmou que tem formação como auxiliar de enfermagem, mas disse que atualmente está desempregada. A mulher disse ainda que havia pego o macarrão instantâneo para dar aos 5 filhos menores. Contou que o refrigerante e o leite condensado seriam para ela consumir. A Justiça de São Paulo havia mantido a prisão preventiva de Rosângela e o caso ganhou muita visibilidade.

Já na segunda instância, o desembargador Farto Salles ressaltou que Rosângela é reincidente. A mulher havia sido condenada por furto em duas ocasiões. Em 2014, Rosângela foi presa por furtar fiação elétrica, por exemplo.

Após ser solta nessa quarta-feira, Rosângela disse que sua família é honesta. “Não estava acostumada a fazer. Acho que deu muito na cara”, disse. Ainda afirmou que considera um “absurdo” ter sido presa em razão de estar com fome. “Eu só queria comer.” Contou que está arrependida do que fez e quer pedir perdão à sua mãe e aos filhos. “Me arrependo muito por ter roubado. Tomei um susto muito grande”, afirmou, reconhecendo que deveria ter buscado ajuda.

Rosângela disse que já trabalhou com faxinas e reciclagem, porém contou que não é uma coisa certa e as vezes não dá dinheiro.”Mas não é uma coisa certa. Num dia dá dinheiro, no outro dia não dá nada”, disse. Por fim, agradeceu o apoio das pessoas e do advogado que a defendeu. A princípio a defesa de Rosângela foi feita pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo, que protocolou recurso em favor da auxiliar de enfermagem no STJ.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: