Prefeitos demostram interesses em Regionalizar Samu. Secretária de saúde de Baixa Grande esteve presente, segundo site.

Prefeitos e secretários de saúde de 24 municípios da região de influência de Feira de Santana participaram, na manhã desta segunda-feira (8) de uma reunião para discutir a regionalização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O encontro se deu na sala de convenções do Hotel Acalanto.

A iniciativa foi coordenada pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho  e contou com as presenças da diretora da Área de Urgência da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), Regina Miranda, da secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, e da coordenadora do Samu, Maiza Macedo.

Os gestores demonstraram interesse em executar o projeto de regionalização do Samu. “Todos têm uma preocupação do ponto de vista do custo, mas ficou definido que até sexta-feira mandariam relatório dizendo em quanto tempo estão aptos”, explicou a coordenadora do Samu.

A etapa seguinte será o encaminhamento da documentação dos municípios para a Sesab e o Ministério da Saúde. “A partir daí, o próximo passo será inaugurar as bases e colocar em prática”, completa Maiza. A diretora da Área de Urgência, Regina Miranda, orientou os gestores a buscar soluções para implantação das bases.

“Caso os municípios não tenham condições de construir as bases, podem reformar outros espaços já existentes para acolher o serviço”, salientou. Na oportunidade, a diretora elogiou o funcionamento do órgão no município. “O Samu de Feira é um dos que melhor funcionam em toda a Bahia”.

O prefeito José Ronaldo destacou a importância em debater o tema. “Somos a favor da regionalização, mas é preciso externar a realidade para todos, principalmente quanto aos custos de manutenção do serviço”, pontuou. Com a regionalização, o serviço deverá atender a uma população estimada em quase 1 milhão de habitantes.

Estiveram presentes prefeitos e secretários dos municípios de Baixa Grande, Teodoro Sampaio, Terra Nova, Santo Estevão, Anguera, Serra Preta, Ipirá, Mundo Novo, Nova Fátima, Riachão do Jacuípe, Pé de Serra, Ichu, Candeal, Tanquinho, Santa Barbara. Santanópolis, Irará, Coração de Maria, Amélia Rodrigues, Antonio Cardoso, Ipecaetá, Rafael Jambeiro, São Gonçalo dos Campos, e Conceição do Jacuípe.

Fonte: Acorda Cidade.

Categoria(s): Regional.

Comente: