Prefeita eleita é ameaçada de morte e vítima de racismo

Segundo o portal G1, a prefeita eleita na cidade de Bauru-SP, Suellen Rosim (patriotas) foi vitima de ataques racistas e recebeu uma ameaça de morte. Nesta terca-feira (01/12) a prefeita retornou a delegacia para prestar queixa e denunciar o caso de racismo.

Nas mensagens recebidas por Suellén o homem se identifica, a chama de macaca e a ameaça de comprar uma pistola no Rio de Janeiro para matá-la. Essa ameaça foi dirigida para a moça na tarde dessa segunda feira (30) em seu e-mail pessoal.

De acordo com o delegado Eduardo Herrera, a polícia civil já iniciou as investigações e as mensagens trazidas por Suellén já foram anexadas no boletim de ocorrência. Até o momento nenhum suspeito foi identificado.

Suellén se expressou em entrevista ao portal G1 com indignação e revolta. “É um absurdo a gente ainda ter que ouvir esse tipo de palavra, dessas questões raciais. É inadmissível. Lamento muito. A gente tem tanta coisa pra discutir da cidade, tantos problemas no município e a gente ter que discutir um assunto tão pesado”, disse ela. Assim, a prefeita eleita espera que os racistas sejam identificados e punidos pela lei.

Durante as eleições Suéllen também tinha sido alvo de ataques racistas em grupos de whatsapp

Nas eleições Suellén Rosim derrotou 12 outros candidatos e foi a candidata mais votada no primeiro turno. Assim, no segundo turno ela confirmou seu favoritismo e derrotou Dr Raul com mais de 19 mil votos de vantagem. Dessa maneira ela se tornou a primeira mulher negra a comandar a cidade em 124 anos de história.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: