Preço do arroz chega a atingir R$40 e alta deve continuar; Bolsonaro fez apelo

O aumento dos bens de consumo tem acontecido de forma recorrente nos últimos meses. Entre eles, um dos principais itens da alimentação dos brasileiros se destacou por chegar a valores estratosféricos: o arroz.

De acordo com dados da CEPEA, o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, aconteceram altas de até 100% no preço do arroz em apenas 1 ano. Diante da vigente crise, é esperado que esses valores se mantenham em alta, sem previsão de grande queda. Em alguns locais, pacotes que antes custavam cerca de 12 a 15 reais já chegaram ao patamar de 35 a 40 reais.

Diante dos aumentos tanto no arroz quanto em outros itens essenciais na alimentação do brasileiro, o presidente Jair Bolsonaro fez um apelo. Ele pediu para que as redes de supermercados “segurassem” os preços dos itens das sextas básicas, diminuindo um pouco a margem de lucro. Contudo, o encarecimento dos itens não ocorre apenas por conta dos supermercados, pois outros processos produtivos e industriais também acabaram encarecendo recentemente. Portanto, é esperado que poucas mudanças nesse sentido aconteçam num curto prazo. Mas e aí na sua cidade, quanto está custando o arroz?

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: