Por ciúmes, cigano mata a mãe e uma mulher, também ciganas

Na tarde da última quarta-feira (30), a polícia militar de Almenara foi informada de um possível duplo homicídio de duas mulheres ciganas.

Após diversas diligências e levantamentos de informações, a polícia militar apurou que havia a informação que um cigano havia ligado para outros ciganos que moram em Almenara informando que matou a própria mãe e mais outra pessoa. As pessoas mortas seriam duas ciganas.

Segundo informações preliminares que ainda estão sendo apuradas a veracidade, o filho de uma das ciganas mortas que era viúva, descobriu que a mãe estaria em relacionamento com outro cigano e era acobertada pela outra vítima que sabia de toda a história. Segundo a cultura cigana, a viúva deve guardar o luto eterno e não mais se relacionar com outros homens e, e segundo informações, essa seria a motivação dos homicídios.

Ainda apurado, participaram dos homicídios três ciganos, todos com passagens policiais. Eles se encontram foragidos.

Os corpos foram encontrados na Rodovia 406, sentido ao Distrito de Pedra Grande.

A polícia militar continua nas buscas pelos autores do homicídio.

Durante as diligências foi preso um cigano que tentava locar um táxi no centro de Almenara para fazer uma viagem levando outros ciganos para fora da cidade. Com o preso foi encontrado um revólver calibre .38 e trinta munições intactas do mesmo calibre. Este preso não é suspeito dos homicídios.

Ainda com foco nos homicídios, a polícia militar foi informada que ciganos parentes de uma das vítimas estariam se deslocando da cidade de Guaratinga-BA para vingarem a morte de sua parente e passariam pela cidade de Jacinto-MG numa caminhonete Ranger branca. A polícia militar montou cerco e bloqueio e conseguiu abordar o veículo. Nele haviam quatro ciganos que foram abordados. Após buscas no veículo, foi encontrada uma pistola calibre 380 com dois carregadores e trinta munições intactas. Todos foram presos.

 

Textos e informações do portal Itapetinga Agora

Categoria(s): Destaque.

Comente: