População tenta fazer justiça com as próprias mãos e acaba arrancando mão de rapaz que estava em surto

A história de um jovem repercutiu muito nesta terça-feira (21). Ao tentar fazer justiça com as próprias mãos, a população acabou causando um problema ainda maior.

De acordo com informações preliminares, a Polícia Militar foi chamada na noite da última segunda-feira para atender uma ocorrência no Loteamento Sol Nascente, na cidade de Jequié. Um homem de 31 anos, identificado como Edmar Santos Silva, teria tido um surto psicótico e ficado fora de controle.

Nesse estado, ele teria atacado a esposa com uma faca de serra, ferindo-a no pescoço. Então, ela saiu correndo pela rua e acabou chamando a atenção de populares. Revoltados com a situação, mas sem o conhecimento de que Edmar estava enfrentando problemas psicológicos, um grupo de pessoas perseguiu o rapaz.

Por conta das represálias, Edmar acabou com vários cortes pelo corpo e com uma lesão grave: teve a mão decepada. Informações dão conta de que um dos homens que o perseguiu teria usado um facão para cortar a mão dele.

No momento Edmar está no Hospital Prado Valadares e se recupera de uma cirurgia realizada pouco após sua internação. A esposa dele está bem e se recupera do ocorrido. Agora as autoridades trabalham para identificar os envolvidos nas agressões a Edmar. O rapaz já estava passando por tratamentos, mas mesmo assim acabou tendo o surto. Ele e a esposa têm uma filha juntos.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: