“Policial cantor” afastado da operação após cantar fardado em um bar é convidado para live no SBT

Uma história inusitada tomou as manchetes neste domingo (14). Após repercutir em todo p Brasil, o baiano que ficou conhecido como “policial cantor” recebeu o convite de um grande nome da música. Mas afinal, o que aconteceu?

Na terceira noite de live do SBT comemorando o carnaval, o cantor Tierry foi o responsável por animar a noite. Após cantar seus maiores sucessos, o cantor convidou o “policial cantor” de Salvador, Wellington Ferreira, que ficou conhecido ao cantar num bar no bairro de Itapuã, Salvador, enquanto patrulhava.

Na live, Wellington disse:

“Estávamos quase quatro horas sem beber água. Um fã me reconheceu e aí puxou a música de Amado. Naquele momento, a metralhadora virou um violão. O brasil todo apoiou”

Tierry respondeu:
“Você tava segurando a arma mais poderosa do planeta”

Esse episódio envolvendo o policial cantando em um bar, enquanto fazia a ronda no bairro, foi a razão para que ele fosse afastado da Operação Apolo, operação responsável pelo combate de furtos e roubos de veículos.

Na última quarta feira, a Polícia Militar entrou com um Processo Disciplinar Sumário contra o soldado.

Após a participação do policial, a live de Tierry também homenageou outros nomes da música, como Moraes Moreira, falecido ano passado.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: