Polícia Militar encontra cerca de 93 explosivos espalhados pela cidade de Araçatuba por bandidos que assaltaram agências

Com o ataque as agencias bancárias na cidade de Araçatuba, no interior de São Paulo, o Grupo de Ações Táticas Especiais, o Gate, segue trabalhando para encontrar todos os explosivos que os bandidos deixaram espalhados em ao menos 14 pontos da cidade. Até o fim da manhã de hoje (31), foram encontrados 93 artefatos.

Desses 93, 32 foram encontrados em via pública, 29 em um caminhão, 13 dentro do Banco do Brasil e 19 em carros. No caminhão em questão, também foram encontrados 70 cartuchos de emulsão, que são usados para realizar explosões.

Por segurança, as ruas ainda seguem bloqueadas e ficará assim até o trabalho do grupo concluir.

Esses artefatos são acionados por movimento e calor. Na manhã de ontem, um morador de 25 anos, montado em uma bicicleta, acabou acionando um desses explosivos e precisou ter os dois pés amputados.

 

O assalto

Bandidos fortemente armados atacaram as agencias de Araçatuba, no interior de São Paulo e fizeram várias pessoas de refém.

Após o assalto as agencias, os criminosos abordaram motoristas e pedestre, os fazendo de refém. Alguns desses reféns foram usados até mesmo como escudo humano, sendo colocados em cima dos barros dos bandidos para impedir que os policiais atirassem.

Além disso, eles cercaram bases da Policia Militar e viaturas. Drones foram usados para monitorar os agentes e entradas da cidade foram fechadas para que outras equipes não chegassem ao local.

Os moradores, após o crime, encontraram explosivos e munições pelas ruas da cidade. Por conta disso, os policiais pediram para que ninguém saia de casa até que tudo seja controlado, visto que os explosivos podem ser acionados por calor ou movimento.

Duas pessoas morreram na ação, mas ainda não se tem informações se são bandidos ou pessoas feitas de refém.

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: