Pintor expulso de rodízio por comer demais retorna a restaurante e come 23 pratos

Uma notícia está sendo destaque neste sábado (17). Se você tá pensando que o caso do pintor que comeu 15 pratos em um rodízio e foi convidado a se retirar do estabelecimento acabou, você e está enganado. Após publicar nas redes sociais o ocorrido, ele retornou ao restaurante e comeu 22 pratos. “Esse é o resultado de me deixar comer à vontade”, disse ele em um outro vídeo no YouTube. Haja vontade de comer, hein?

Mas não é só isso. Em uma entrevista ao “Melhor da Tarde”, programa da Band, João Carlos contou um pouco mais do dia em que foi expulso. Segundo ele, antes do rodizio ele já tinha comido 8 pães e que não estava com tanta fome assim. Assim, pediu de vez 10 pratos e depois mais cinco.

Quando fez a grande quantidade de pedidos, o garçom se surpreendeu e tempos depois o gerente do estabelecimento lhe fez uma proposta. “Por gentileza, o senhor aceita uma proposta? O senhor não é obrigado a ir embora, mas se o senhor foi embora agora, a gente devolve o seu dinheiro e você não precisa pagar nada”, teria dito o gerente, de acordo com João Carlos.

E essa não foi a primeira vez em que foi expulso não, hein? “A primeira vez foi numa padaria e quem comesse uma coxinha de 1 kg não pagaria. Eu comi uma e pedi mais uma”, lembrou. Ele foi impedido de comer a terceira coxinha.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Categoria(s): Destaque.

Comente: