Pesquisadores descobrem sustâncias presentes em fruta que podem inibir o Coronavírus

Uma descoberta inusitada trouxe consigo o vento de boas novas. Pesquisadores identificaram um composto presente numa conhecida fruta que pode auxiliar no combate ao coronavírus. A substância seria capaz de interagir com o “envelope” do vírus, inibinduo-o.

De acordo com o portal Notícia Diária, o Grupo de Química Quântica Computacional e Planejamento de Fármacos da Universidade Estadual do Piaui desenvolveu um estudo que obteve resultados animadores ao analisar substâncias presentes no buriti. Essa fruta é bastante conhecida na Bahia e em grande parte da região Nordeste, sendo encontrada também no Norte e no Centro-oeste do Brasil.

Liderado pelo Professor Dr. Francisco Das Chagas Alves Lima, foi realizado um teste teórico em que determinam-se as interações entre substâncias presentes no óleo extraído do buriti e os componentes do capsídeo (Envelope que reveste o vírus) do coronavírus. Entre as 9 substâncias testadas, 3 se mostraram potencialmente capazes de inibir o Coronavírus.

A experiência foi realizada a partir da técnica de docagem molecular, que se baseia em simulações feitas em computadores especiais, que testam inúmeras interações possíveis entre a estrutura das moléculas. Todavia, esse descobrimento abre caminhos para os testes em laboratório e em cobaias. Ainda segundo o portal, o artigo foi executado pelo Prof. Allan Costa do Instituto Federal do Pará (IFPA) em parceria com outros pesquisadores e já foi aceito pelo conceituado Journal of Biomolecular Structure & Dynamics, sendo publicado ainda nessa semana.

Esse é mais um exemplo do valor das diversas riquezas que habitam o sertão da Bahia, do Piauí, do Nordeste e de todo o nosso Brasil!.

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Nacional.

Comente: