Pela primeira vez, jovem médica mostra locais das picadas de jararaca que sofreu

Depois de passar por diversos procedimentos para ter sua saúde de volta, a jovem médica Dieynne Saugo mostrou as marcas das picadas que sofreu pela primeira vez. Ela foi surpreendida por uma Jararaca enquanto tomava um banho de cachoeira e acabou na UTI.

Primeiramente, a médica disse que recebeu muitas dúvidas sobre onde foram as picadas e por isso resolveu explicar como tudo isso influenciou no seu quadro: “A primeira picada foi na região submentoniana( abaixo da linha do queixo), por isso essa região está inchada e com hematoma. Em decorrência do grande edema que se formou, os médicos optaram por fazer uma cirurgia de traqueostomia, pois através do exame de Tomografia constatou que havia 70% de comprometimento das vias aéreas. Após a cirurgia tive um sangramento intenso e precisei receber transfusão sanguínea, mesmo assim não controlou. Por isso decidimos transferir para um hospital onde houvessem melhores recursos.”

“A segunda e a terceira picadas foram na mão esquerda, que levou à uma Síndrome compartimental com compressão dos nervos mediano, radial e ulnar.Precisei fazer fasciotomia, um procedimento cirúrgico no qual a fáscia é cortada para aliviar a pressão e tratar a perda de circulação em uma área de tecido ou músculo. A fasciotomia foi necessária para salvar o membro, pois havia o risco de necrose muscular ou até mesmo amputação. Há 2 dias fiz a cirurgia para fechamento da fasciotomia – sem complicações”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: