Pedro Tavares pede prateleiras diferenciadas para produtos sem glúten

 

Em busca de facilitar a identificação de alimentos industrializados sem glúten para pessoas celíacas, doença que não permite a ingestão de glúten, o deputado estadual Pedro Tavares (PMDB) apresentou projeto de lei que obriga as grandes redes de supermercados a separar os produtos sem glúten. A identificação de forma discriminada nas prateleiras dos estabelecimentos vai ajudar a quem tem restrição a localizar o que é permitido consumir.

O projeto determina etiquetas afixadas com caracteres legíveis e acessíveis ao consumidor celíaco. “Como não existe seções específicas para estes produtos, o consumidor tem que ficar procurando se tem ou não glúten na embalagem. Isso torna as compras para quem é celíaco mais demorada, podendo ainda ocasionar o consumo prejudicial à saúde caso  a pessoa pegue o produto errado (com glúten)”, justificou Tavares.

Fonte: Odília Martins.

Categoria(s): Regional.

Comente: