Pedreiro confessa ter concretado moça e afirma que eles tiveram um encontro dentro da obra

Nesta quarta-feira (6) a história da moça que foi encontrada concretada ganhou novos detalhes. Dessa vez, o pedreiro confessou o que fez e disse que havia se encontrado com a mulher naquela noite.

Aos 25 anos, Joice Maria da Glória Rodrigues foi encontrada sem vida, em São Vicente, concretada na parede de uma obra, depois de passar uma semana desaparecida. A moça era casada e havia falado pela última vez com o marido quando estava num ponto de ônibus. Então, as investigações chegaram até um pedreiro que trabalhava na obra e confessou tudo. De acordo com o portal Globo, ele afirma que a moça foi até o local para se encontrar com ele. Mas não termina aí.

Além disso, ainda segundo o portal, o pedreiro afirmou que a moça e ele tiveram relações e usaram drogas. No local, a polícia encontrou pinos plásticos que geralmente são utilizados para acondicionar essas substâncias. Contudo, não se sabe ainda se o pedreiro manteve relações com ela de forma consentida. Ele também afirmou que a moça passava pelo local com certa frequência. Contudo, como a jovem foi localizada?

Após ser questionado pela polícia se haviam locais frescos ou recém concretados, o dono do terreno observou a obra. Então, no banheiro do piso térreo, ele localizou um vão fechado com acabamento estranho. Diante disso, ele quebrou parte da estrutura e logo depois disso sentiu um cheiro forte. Foi aí que as autoridades foram novamente acionadas e localizaram Maria. Além do pedreiro, outro homem também foi preso e está sendo ouvido pelas autoridades.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: