Paulo Gustavo continua internado e seu estado de saúde é considerado gravíssimo, afirma apresentador

Uma notícia triste tem repercutido nas redes sociais neste sábado (3). De acordo com o apresentador Erlan Bastos do ”Balanço Geral Ceará”, o estado de saúde do humorista Paulo Gustavo é gravíssimo. O apresentador que havia feito a cobertura jornalística sobre a internação do humorista no mês passado, postou em seu site nessa sexta-feira mais este comunicado. Paulo Gustavo ,42 anos, continua internado desde o dia 13 de março por complicações da covid 19.  

“O EM OFF está tornando essa informação pública em respeito aos fãs do ator. A família já está ciente do atual quadro de saúde do apresentador do Multishow”, comentou Erlan. 

De acordo com o apresentador, o humorista está usando uma “oxigenação por membrana extracorporal”, conhecida por ECMO.É um tipo de aparelho com a funcionalidade de substituir o pulmão e o coração artificialmente aplicado a pacientes que estejam com os órgãos comprometidos. 

O pai de Paulo Gustavo, Júlio Marcos, postou uma foto nessa sexta-feira (2), em que aparece ao lado do filho. Na ocasião escreveu um texto pedindo orações a favor do filho. 

 “Meus amigos, nesse momento em que todo o planeta está tão triste, precisamos alavancar e elevar nossa fé! Em especial, nosso amigo Paulo Gustavo está enfrentando uma árdua e dolorosa luta! Por isso, neste domingo de Páscoa, abençoado, vamos unir nossa fé, com muita força e energia, às 18 horas, um horário muito forte em um dia muito especial! Cada um com sua fé, religião, crença, mas, principalmente, muita energia”, escreveu Júlio. 

“Nosso amigo receberá nesse momento, com todos nós juntos em oração, uma chuva de bençãos e os anjos o ajudarão a recuperar-se e vencer essa duríssima batalha! E, com a força de Deus e de todos os anjos, estará recuperado em pouquíssimo tempo”, concluiu. 

Segundo o comunicado da família, o humorista apresentou uma evolução satisfatória, porém segue internado na UTI fazendo uso da ventilação mecânica: “Nas últimas 48 horas, o paciente apresentou sinais mais evidentes de recuperação da função pulmonar, corroborados por uma tomografia computadorizada realizada hoje. A evolução do quadro é positiva, porém, o tempo de recuperação nesses casos varia individualmente”. 

 

Da redação do Acontece na Bahia 

 

 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: