Paulo Guedes, ministro da economia causa polêmica após dizer que o preço do arroz subiu porque “a vida do pobre está melhor”

Durante essa semana, o ministro da economia Paulo Guedes falou sobre a alta do arroz. O item de cesta básica se tornou assunto recorrente na mídia nacional após acumular altas sucessivas. Para Guedes, a subida dos preços ocorreu também porque “a condição de vida dos pobres melhorou”.

O ministro da pasta afirmou que aconteceu uma grande injeção de moeda no mercado, principalmente por conta do Auxílio Emergencial. Isso teria aumentado o preço não apenas do arroz, mas também de outros bens: “Os mais pobres estão comprando, estão indo no supermercado, estão comprando material de construção. Então, na verdade, isso é um sinal de que eles estão melhorando a condição de vida.O preço do arroz está subindo porque eles estão comprando mais. Está todo mundo comprando mais. Além disso, tem as exportações e subiu o dólar também.”

Outros itens que aumentaram significativamente foram os ligados à construção civil. Diante disso, Guedes explicou: “A pauta de consumo dos mais vulneráveis e dos mais frágeis é justamente a alimentação e a construção da casa própria. Então está havendo um boom da construção na baixa renda e nos supermercados.”

Além das críticas frequentes, a alta do arroz também gerou piadas. Por ser extremamente popular e um dos principais alimentos da vida do brasileiro, as pessoas estão ironizando e comparando os novos preços a jóias e itens de luxo.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: