Patroa da babá que pulou do 3° andar de prédio para fugir de cárcere é denunciado por outras sete ex-funcionárias

A patroa da babá que se jogou do 3º andar de um prédio em Salvador, no bairro Imbuí, a Melina Esteves, prestou depoimento à polícia para explicar o que aconteceu e deixou a delegacia sob vaias dos moradores.

Milene também foi denunciada por outras sete ex-funcionárias, que procuraram a polícia depois da babá Raiana se jogar do prédio.

Uma das ex-funcionárias, que não quis revelar a identidade, denunciou Melina por maus-tratos e agressões durante os 15 dias que trabalhou para ela.

Segundo a ex-babá, ela cuidava das trigêmeas, de 1 ano e 9 meses, das 8h às 20h e não tinha carteira assinada.

 

“Meu trabalho era brincar mais com as meninas. Tinha uma hora que eu estava cansada e ela falou: ‘Sua obrigação aqui é você cuidar das meninas, você brincar com as meninas, você não pode parar de brincar, você tem que brincar com as meninas'”.

“Realmente estava cansada, que eu tenho problema no joelho e aí ela me deu uma puxada: ‘Eu estou pagando você para quê? É para brincar’. Apesar que não me pagou, está me devendo”, continuou a ex-funcionária.

A polícia segue investigando o caso.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: