Search
Close this search box.

Pastor é preso acusado de ‘forçar’ fiéis a transar com ele para salvar parentes da morte; Saiba detalhes

Um caso chocante veio à tona nesta quarta-feira (22), envolvendo um pastor de 41 anos que foi preso durante uma operação da Polícia Civil do Distrito Federal. As investigações revelaram que o pastor alegava ter “revelações” sobre mortes iminentes de parentes dos fiéis para coagi-los a ter relações sexuais com ele. Segundo ele, para salvar esses parentes, os homens deveriam receber sexo oral e transar com ele.

Durante a Operação Jeremias 23 — uma referência bíblica aos falsos profetas —, foi descoberto que o pastor, identificado como Sinval Ferreira, possuía mais de 30 mil seguidores no Instagram. Ele utilizava essa influência para abusar das vítimas tanto sexual quanto financeiramente.

Em um caso específico, Sinval afirmou a um fiel que teve uma visão da morte iminente da esposa dele. “Deus me deu a ordem para salvar sua esposa”, teria dito o pastor. Para realizar essa “salvação”, ele mencionou que seria necessário passar por um ritual de “sete unções” nas partes íntimas do fiel para “quebrar a maldição”. Com medo e sob pressão, o fiel acabou cedendo às demandas do pastor.

Foto: Reprodução

Da redação do Acontece na Bahia