Para ajudar sorveteiro, População se une e compra todos os picolés de sorveteria que teve energia cortada

Nesta terça-feira (11), o sorveteiro Luís Augusto Demori, de 42 anos, que tem uma gelateria viu suas vendas diminuírem muito e , consequentemente, não conseguiu quitar as contas.

Luiz fez um vídeo nas redes sociais e publicou falando de uma promoção. A população se uniu e fez fila para ajudar o homem. ele contou que, em pouco mais de três horas, vendeu todos os picolés e sorvetes que tinha fabricado e que iriam derreter, pois os freezers usados para guardar os produtos foram desligados.

“Eu vendi tudo e não acreditei. Ainda existem pessoas de bom coração. Além dos clientes, o pessoal me ajudou, me deu dinheiro, R$ 100, R$ 200. Ainda existem pessoas boas e dispostas a ajudar, mesmo em uma crise dessa. Eu não tenho palavras para agradecer”, disse ele.

Por fim, o homem disse ter vendido mais de 3 mil picolés e este dinheiro ainda era insuficiente para quitas dívidas que chegam em torno de 17 mil reais.

Luís é pai de três filhos pequenos e, assim como muitos comerciantes, continua batalhando para tentar manter o negócio, que foi aberto em setembro do ano passado, com um dinheiro que a família tinha disponível.

Categoria(s): Social.

Comente: