Papa pede a argentinos que ‘façam caridade’ em vez de ir a Roma

O papa Francisco manifestou nesta quinta-feira (14) seu desejo de que o “todo o povo argentino”, bispos, sacerdotes e religiosos o acompanhem durante sua missa inaugural na próxima terça (19) “com algum gesto de caridade para os mais necessitados” em vez de viajar a Roma, em carta transmitida pelo núncio apostólico, Emil Tscherrig, a todas as dioceses da Argentina. Na publicação, o pontífice pediu aos fiéis de seu país que “continuem com essa proximidade espiritual tão apreciada acompanhando-a com algum gesto de caridade para os mais necessitados”. Além disso, Francisco agradeceu “as orações e as expressões de carinho, de afeto e de caridade” que recebeu do povo argentino. O secretário de Comunicação Pública e porta-voz presidencial, Alfredo Scoccimarro, informou que a governante Cristina Kirchner assistirá à missa inaugural de Francisco, na capital italiana. Com informações da Agência France Presse.

Fonte: Bahia Notícias.

Categoria(s): Internacional.

Comente: