Ocupação de leitos de UTI após eleições é preocupante. Seis estados apresentam mais de 80% de ocupação

Na primeira semana de dezembro o país se depara com uma situação alarmante. Os casos de covid-19 voltam a subir após as aglomerações decorrentes das eleições. Dessa forma, os leitos das unidades de terapia intensiva, cujo tem papel essenciais para salvar vidas de pacientes em estado grave, estão quase lotados.

Segundo o portal Metrópoles, os seis estados com grande ocupação de leitos são: Santa Catarina (com 85% dos leitos de UTI ocupados); Paraná (84%); Pernambuco (84%); Espírito Santo (82%); Rio de Janeiro (81%); e Rio Grande do Sul (80%). A região Sul do país é a mais alerta, com 3 desses 6 estados.

Nesse contexto, o número de mortes decorrentes da infecção voltou a crescer em todo país. Assim, profissionais e especialistas temem que o Brasil possa estar entrando na dita “segunda onda” da infecção. Grande parte desses números crescentes são devidos a grande flexibilização e a recusa de parcela da população em tomar cuidados básicos como o uso de máscara e o distanciamento social. Tal aumento das mortes preocupa as autoridades que falam de outra possível quarentena se os casos continuarem a subir.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: