‘O samba foi mais despreconceituoso’, diz Martinho da Vila sobre respeito aos gays na música

Aos 75 anos, Martinho da Vila lança o Sambabook Martinho da Vila (Musickeria), projeto que chega às lojas em vários formatos (CD duplo, DVD, blu-ray) e reúne 24 artistas interpretando os maiores sucessos do músico. Martinho é o segundo homenageado do projeto, que tem patrocínio da Petrobras, Itaú Cultural e Prefeitura do Rio de Janeiro, começou com João Nogueira e deve ter pelo menos mais oito nomes, um por ano. Durante o lançamento do álbum, o artista comentou, dentre outros temas, sobre o espaço dado aos gays no gênero. “O samba como sofreu preconceito a vida inteira, ele foi mais despreconceituoso”, opinou.

Fonte: Bahia Notícias.

Categoria(s): Regional.

Comente: