No maior campeonato do mundo, jogadores deixam o campo no meio da partida em protesto a ofensa racista

Na tarde desta terça-feira (8), um episódio chamou a atenção. Diante de uma atitude racista, dois times que disputavam o maior campeonato de clubes de futebol do mundo deixaram o campo e a partida não continuou. Mas afinal, o que aconteceu?

Durante o jogo entre dois grandes clubes, PSG e Instanbul Basaksehir, no maior campeonato de clubes do mundo, a Liga dos Campeões, os jogadores saíram de campo como forma de protesto. Ainda no primeiro tempo, a partida foi parada por conta de uma confusão no banco de reservas do Instanbul. O atacante Demba Ba, que é negro, ficou revoltado e afirmou que percebeu uma ofensa racista proferida pelo quarto árbitro.

Então, logo em seguida o jogador ainda levou um cartão vermelho. O alvo da ofensa seria um membro da comissão técnica do time, Pierre Webo. Logo depois, iniciou-se uma grande discussão entre atletas das duas equipes com o árbitro. Neymar, que joga pelo PSG, apareceu tentando se envolver com a situação. Depois disso, tanto ele quanto os outros jogadores saem de campo, fazendo com que o jogo fosse suspenso até o momento. Mais informações em breve.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: